O “novo” racismo brasileiro | O Curupira

Bom dia!

A guerra ao índio é assustadora por dois motivos: primeiro, ela funciona mais ou menos na mesma lógica da Doutrina Bush, a do ataque preventivo. […] A segunda coisa que torna a guerra ao índio insidiosa é o fato de o lado agressor usar o recurso mais comum em qualquer guerra: desumanizar seu oponente.

 

Li um texto tão interessante sobre a questão das terras indígenas no Brasil que não pude deixar de passar aqui rapidamente apenas para o deixar o link para vocês. No artigo “O “novo” racismo brasileiro | O Curupira‘, o brasileiro Cláudio Ângelo apresenta dados interessantes (e que até me fizeram mudar de ideia a respeito de uma questão!) sobre o que ele chama de ” ‘novo’ racismo brasileiro”. Vale a pena!

Aproveite, se tiver um tempinho, para dar uma olhada nesse outro link sobre a mesma temática e onde você pode saber mais sobre o vídeo gravado pelo ator Colin Firth, premiado com o Oscar de melhor ator por “O discurso do Rei”, e no qual ele faz um apelo pelo proteção aos índios (no artigo tem o link do vídeo da Ong. “Survival Internationals”): http://www.portugues.rfi.fr/brasil/20120425-ator-vencedor-do-oscar-faz-campanha-por-indios-da-amazonia.

Abraços!

 

Carol