Dia das crianças com sustentabilidade

Bom dia!

Com o dia mais esperado do ano (pelo menos para a criançada…) chegando, fica aquela questão insistente na cabeça dos pais sobre o que fazer: tentar ensinar seu filho que o consumismo não é nada bom ou atender as expectativas dos pequenos que sonham com aquela boneca ou aquele video game que eles ainda não tem? Que tal as duas coisas?

Existem alguns sites que possibilitam o aluguel de brinquedos e acabam com a necessidade dos pais de terem de guardar aquelas coisas caras que seus filhos não gostam mais ou não são mais adequadas à idade deles. Além de, é claro, economizar, os pais podem ainda ensinar seus filhos sobre o desapego, pois os brinquedos terão que ser devolvidos após o período de locação. E podem ficar despreocupados, o site BBZum, por exemplo, garante a higienização de todos os artigos para garantir a segurança dos pequeninos.

A iniciativa, chamada de consumo colaborativo, não é nova e já vem sendo bastante utilizada em outros países como Franca, Estados Unidos e Nova Zelândia em sites como o Baby Plays, Velib’, DimDom e muitos outros. No começo pode parecer estranho ou ate mesmo difícil (vai dizer para o seu filho que ele tem que se desfazer de um brinquedo…), mas com o tempo e a prática eles se acostumam e podem até achar divertido.

Existem ainda as opções de troca ou compra de brinquedos usados que garantem uma economia, mas também podem ser encaradas como alternativas sustentáveis, uma vez que incentivarão os pais a ensinar os filhos a conservar e recuperar os brinquedos. Aumentando a vida útil deles e, consequentemente, diminuindo o descarte.

Veja os sites onde encontrar os serviços de troca voltados para os pequenos:

BBZumhttp://www.bbzum.com.br/

Especializada em locação e higienização de artigos infantis a empresa também conta com um outlet e trabalha com carrinhos de bebê, cadeirinhas, etc.

Clube do Brinquedohttp://www.clubedobrinquedo.com.br/

Os brinquedos são entregues na sua casa e você pode ficar com eles o tempo que quiser, ou melhor, que o seu filho quiser.

Joanninhahttp://www.joanninha.com.br/

Ensine ao seu filho que “o que importa não é ter o brinquedo, mas sim a brincadeira que ele proporciona”.

Abraços!