Tinta que remove a poluição! Bom demais pra ser verdade?

Olá amigos!

Talvez alguns de vocês já tenha lido alguma matéria sobre as tintas que absorvem a poluição do ar, mas andei pensando cá com meus botões…será verdade? E como funciona?

“Philosophical Tree” do artista Andreco para o Frontier Project (Bologna, Itália).

Essas tais tintas que podem despoluir o ambiente, contém em sua composição o dióxido de titânio (TiO2), geralmente em sua forma anatase (tetragonal), mais eficiente para o processo de fotocatálise (difícil né? leia mais aqui). Também presente em alguns materiais com a propriedade “auto-limpante” o dióxido de titânio, quando exposto aos raios UV, provoca a redução na concentração dos óxidos de nitrogênio (NOx) presentes no ar. Dessa forma, além das tintas, o TiO2 é empregado também no concreto ou argamassa e sua utilização nem é tão nova assim. Como nessa igreja abaixo, idealizada pelo arquiteto americano Richard Meier e construída em Roma.

A “Igreja dos 2.000”, construída em comemoração aos 2.000 anos do cristianismo.

Fonte: Archdaily

Mas será que funciona? Estudos realizados com blocos de concreto para pavimentação verificaram uma redução de até 95% na concentração de NOx, em laboratório, e de 30 a 40% na prática. Quanto às tintas, os fabricantes e revendedores garantem uma eficiência de remoção de até 70%, mas estudos realizados em escala real verificaram uma remoção em torno de 20% para NO e NO2.

Abraços!